25 de dez de 2009

Emerson

Rir muito e com frequencia,
Conquistar o respeito de pessoas inteligentes e o afeto das crianças,
Ganhar a estima de criticos honestos e resistir a traiçao de falsos amigos.
Apreciar a beleza, encontrar o melhor nos outros, deixar o mundo um pouco melhor, seja por uma criança sadia, um canteiro de flores...
Saber que mesmo uma unica vida respirou melhor porque voce viveu, isto é ter sido bem sucedido!

24 de nov de 2009

O decrescimento


decrescimento é elogio do ocio, do lento e da duraçao; respeito ao passado; conciencia que nao existe progresso sem conservaçao; indiferença as modas a ao efemero; atingir a sabedoria da tradiçao; nao identificar o novo com o melhor, o velho com o ultrapassado, o progresso com uma sequencia de fragmentos, a conservaçao com o fechamento mental; nao chamar consumidores os que adquirem, porque o objetivo da aquisiçao nao é o consumo mas o uso; distinguir a qualidade da quantidade; desejar o regozijo e nao o divertimento; valorizar a dimensao espiritual e afetiva; colaborar ao inves de competir; substituir o fazer finalizado a fazer sempre mais com um fazer bem feito finalizado a contemplaçao.
O decrescimento é a possibilidade de realizar um novo Renascimento, que libere as pessoas do papel de instrumentos do crescimento economico e recoloque a economia no seu papel de gestao da casa comum a todas as especies viventes de modo que todos os seus inquilinos possam vivela melhor.

La decrescita

La decrescita è elogio dell’ozio, della lentezza e della durata; rispetto del passato; consapevolezza che non c’è progresso senza conservazione; indifferenza alle mode e all’effimero; attingere al sapere della tradizione; non identificare il nuovo col meglio, il vecchio col sorpassato, il progresso con una sequenza di cesure, la conservazione con la chiusura mentale; non chiamare consumatori gli acquirenti, perché lo scopo dell’acquistare non è il consumo ma l’uso; distinguere la qualità dalla quantità; desiderare la gioia e non il divertimento; valorizzare la dimensione spirituale e affettiva; collaborare invece di competere; sostituire il fare finalizzato a fare sempre di più con un fare bene finalizzato alla contemplazione. La decrescita è la possibilità di realizzare un nuovo Rinascimento, che liberi le persone dal ruolo di strumenti della crescita economica e ri-collochi l’economia nel suo ruolo di gestione della casa comune a tutte le specie viventi in modo che tutti i suoi inquilini possano viverci al meglio.


Maurizio Pallante

18 de set de 2009

BZ4

BZ4tet è o meu grupo de musica instrumental brasileira, neste video, tocando uma composiçao de Paulo Bellinati; "Choro Sapeca".

8 de set de 2009

Gente E' Pra Brilhar

Esplendida cançao de Caetano Veloso do final dos anos 70, "covered" com graça por Roberta Sá.

28 de ago de 2009

A Return To Love

Nosso medo mais profundo nao é que sejamos inadequados. Nosso medo mais profundo é que sejamos fortes alem da medida. E' a nossa luz, nao a nossa escuridao que mais nos apavora. Perguntamos a nòs mesmos, Quem sou eu para ser brilhante, magnifico, talentoso, fabuloso? Na verdade, quem sou eu para nao se-lo? Voce é um filho de Deus. O seu joguinho curto nao contribui ao mundo. Nao ha nada de iluminante em se retrair para que as outras pessoas em torno a voce nao se sintam inseguras. Todos nòs fomos feitos para brilhar, como fazem as crianças. Nascemos para manifestar a gloria de Deus que està dentro de nòs. Nao é apenas em alguns de nòs; é em cada um de nòs. Na medida em que deixamos a nossa propria luz brilhar, inconcientemente permitimos às outras pessoas de fazer a mesma coisa. Na medida em que somos liberados de nosso proprio medo, nossa presença automaticamente libera outros".

"Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light, not our darkness that most frightens us. We ask ourselves, Who am I to be brilliant, gorgeous, talented, fabulous? Actually, who are you not to be? You are a child of God. Your playing small does not serve the world. There is nothing enlightened about shrinking so that other people won't feel insecure around you. We are all meant to shine, as children do. We were born to make manifest the glory of God that is within us. It's not just in some of us; it's in everyone. And as we let our own light shine, we unconsciously give other people permission to do the same. As we are liberated from our own fear, our presence automatically liberates others." ~
Marianne Williamson, A Return To Love: Reflections on the Principles of A Course in Miracles


24 de ago de 2009

O Meu Sol E' Voce


Letra de uma das cançoes do meu album "Realidade Real" (2002). No link a seguir da pra escutar uma parte da gravaçao. http://www.luizlima.org/disco/realidade.html

Te chamo,
Nao vejo ninguem.
Espero,
Tento lembrar.
Onde foi?
Serà mais além?
Quem vai me dizer?
O que é?
O que tem de ser?
O meu sol é voce.

A vida é aqui,
Agora é voce,
Quem chora,
Na discussao.
O tempo nao para,
Nao espera sinal,
Corre,
Sem direçao.
Sem o sol,
Nao hà soluçao,
O meu céu é voce.

Nao quero mais deixar voce sumir da minha vida
Nao quero o medo
Vou saber o modo de te amar

Quero sentir voce na pele
O sol da minha vida
Quero mais o ceu da terra
O brilho no olhar

http://www.jazzitalia.net/recensioni/realidadereal.asp

4 de jul de 2009

Dedicado a Fon (11/02/1952 - 03/07/2009)

Extraordinaria versao mais "bluesistica" desta obra prima do Bob Dylan contemporaneo, originalmente lançada no disco "Love and Theft" de 2001. As legendas com a traduçao em espanhol da letra sao um adianto...

21 de mai de 2009

Best American Folk

Desde o lançamento de "Solitude Standing" em 1987, o seu segundo album, que contem "Luka" e "Gipsy", entre outras òtimas cançoes, Suzanne Vega permanece como uma das mais distintivas expressoes da musica folk americana contemporanea. Esta "New York Is A Woman", do seu ultimo disco "On Beauty & Crime" (2007), é mais uma pérola em sua coleçao.

9 de mai de 2009

A Nova Voz do Jazz Brasileiro

Luciana Souza é provavelmente, a esta altura, a cantora brasileira de maior prestigio no contexto internacional e "jazzistico" da musica, MPB ou nao. Filha de musicos - seu pai participou, junto com Joao Gilberto e Tom Jobim, da primeira gravaçao de "Chega De Saudade", feita por Elizeth Cardoso, pouco antes que Joao Gilberto fizesse a sua versao dessa musica e que marcaria o inicio da "Bossa Nova" - Luciana hà varios anos vive nos Estados Unidos, onde formou-se na famosa Berklee College of Music em Boston. Alem de um extraordinario talento, ela se distingue sobretudo por uma competencia tecnica/expressiva a toda prova.

23 de abr de 2009

Realidade Real


Letra da cançao que dà titulo ao meu album "Realidade Real", de 2002. Os versos que pra mim sintetizam melhor o "conceito" sao: Realidade Real é quando o sonho é a pura visao: o amor està para o medo, como a luz para a escuridao. No link abaixo da pra escutar uma parte da gravaçao.
http://www.jazzitalia.net/recensioni/realidadereal.asp

Realidade Real é quando amor = paixao,
onde termina a dor,
é o fim da ilusao.

Realidade real é quando a paz = perdao,
onde começa o prazer,
o inicio da uniao.

Nada tao bem,
Nada melhor pode ser,
Ser, estar no tempo infinito.
Como nao sei,
Nem importa saber,

E' o que é,
E' o que hà,
E' o que foi,
O que serà,
Realidade Real

E' ter, é ter. é ter na mente
E' ter, é ter. é ter na luz
E' ter, é ter. é ter, eternamente
E' ter, é ter. é ter, eterna luz

Realidade Real é quando o sonho é a pura visao:
o amor està para o medo,
como a luz para a escuridao.


http://www.luizlima.org/disco/realidade.html